sábado, junho 22, 2024
InícioValparaísoAPESAR DE OPOSIÇÃO TENTAR BARRAR, TIÃO DA PADARIA LUTA PELA AMPLIAÇÃO DO...

APESAR DE OPOSIÇÃO TENTAR BARRAR, TIÃO DA PADARIA LUTA PELA AMPLIAÇÃO DO HORÁRIO DO COMÉRCIO 

O comércio de Valparaíso poderia já estar perto de funcionar até as 2 horas da madrugada, se não fosse a oposição ao governo de Pábio Mossoró (MDB) fazer de tudo para a tramitação do projeto de Lei complementar 416 do vereador Tião da Padaria (PRTB) tramitar mais lentamente na Câmara Municipal ou questionar sua finalidade.  

Inclusive, na última quarta-feira (10), uma vereadora da base da deputada Lêda Borges usou a sessão do dia para questionar a proposta. Ela argumentou que se não tivéssemos vagabundos nessa casa de leis, um vereador não teria sido preso por corrupção, ele extorquia comerciantes.

Ainda acrescentou para o público presente não se enganar com politicagem, porque para legalizar o horário de funcionamento do comércio para 2, 3, 4 da manhã ou por 24 horas é necessário diálogo com a Câmara de Vereadores, Polícia Militar, Civil Susfim- Superintendência dos Serviços de Fiscalização Municipal, o que não houve. Também falou sobre a venda de drogas na cidade durante a madrugada.  
Informamos a nossos leitores, que a iniciativa de um vereador de criar projetos de lei é livre e que mesmo que seja inconstitucional deve seguir seu rito que na fase certa e discutida a sua matéria (assunto dela) sua legalidade, em nenhum ordenamento jurídico de Valparaíso e do estado de Goiás ou da constituição federal exige que antes de apresentar um projeto de lei, tem que ter dialogo com órgãos do poder público, lembrando que os poderes são independes e harmônicos entre si, sem qualquer espécie de hierarquia. 

Logo após essa fala, o relator do projeto, Tião da Padaria argumentou que o rebuliço começou, porque a vereadora que questiona o texto é anti-Tião da Padaria, pois tem medo dele ser candidato a prefeito, mas que ele será apenas candidato a reeleição de vereador, e na humildade vai ser se o povo assim quiser.  

Ainda garantiu que antes da apresentar o projeto se reuniu o prefeito, o texto é tramitável e constitucional a esse projeto. Mas que pré-candidatos a prefeito estão querendo deixar o tema para ano que vem e fazer a verdadeira politicagem, enquanto os comerciantes pedem urgente, eles querem trabalhar. Ainda esclareceu que aquela época de violência passou e que comerciante não é fator de aumento de criminalidade, não temos agro, indústria temos é comerciantes e eles querem é trabalhar. Quando abre porta de emprego, a gente fica feliz; 

Tião finalizou sua defesa a proposta desta forma: “Eu quero que esse parlamente apresente logo. Vai para a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça e para Comissão de cultura. Não tem por que este debate, tinha que estar tramitando. Tenho certeza de que o prefeito vai sancionar, não aceito emenda, pedida de vista, porque o povo quer trabalhar, povo quer dignidade, respeito. Não vai aumentar a criminalidade. Vote sim, meus amigos “argumentou. 

Lembrando que o projeto foi apresentado no dia 3 de maio em uma sessão histórica, com a presença donos de distribuidoras, bares, casas noturnas, food trucks, espetinhos e de outros comércios, bem como alguns funcionários desses estabelecimentos, que foram a Câmara demonstrar seu apoio ao texto. Dias antes, em 25 de abril, a equipe do Entorno Notícias, conseguiu com exclusividade uma entrevista com o vereador que adiantou alguns pontos da proposta como movimentar a economia da cidade e gerar mais emprego e renda. 


 
“Esse texto é descritivo, não tem opinião nem fala própria de quem escreveu e publicou, sendo ele replica fiel do que foi filmado ao vivo no TV câmara Valparaíso”
 

Cristiano Henrique
Cristiano Henrique
Bonito,legal,inteligente e modesto.
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Mais Populares

Comentários Recentes