terça-feira, julho 23, 2024
InícioEstadoLêda tenta mostrar que agora é do PL de Bolsonaro, mas atitudes...

Lêda tenta mostrar que agora é do PL de Bolsonaro, mas atitudes como deputada mostram o contrário  

Todo ser humano pode mudar de opinião, se transformar em uma nova e melhor pessoa. Mas esse processo costuma demorar um tempo e não vem de uma hora para outra, muito menos, em momentos de interesse pessoais. No entanto, a deputada federal, Lêda Borges (PSDB), nas vésperas das eleições municipais de outubro, tenta parecer que agora é bolsonarista. Mas em um passado bem recente, ele fazia duras críticas ao governo do ex-presidente Jair Bolsonaro. 

Por exemplo, na época da pandemia da covid 19, quando ainda era deputada estadual ela discursou na Alego- Assembleia Legislativa de Goiás, fazendo duras críticas a Bolsonaro. Na época, ela falou: “Quero dizer ao governador Caiado, se junte aos governadores que estão se mobilizando para vacinar o seu povo. Não aguarde o governo federal, que negou a pandemia, assim que se iniciou. Nós estamos com essa onda muito mais grave, que a primeira onda no estado. Pessoas que receberam a primeira dose, estão vindo a óbito, porque só uma dose não imuniza o cidadão”, frisou 

(Video:Lêda antes do período eleitoral falando de Bolsonaro)

Apesar de querer mostrar que agora é de direita, as atitudes de Lêda mostram o contrário, pois ela vem votando na Câmara Federal contra os interesses do ramo político e a favor do atual governo de Luís Inácio Lula da Silva. Por exemplo, ela foi favorável ao pedido de urgência para a análise da proposta que pode aumentar os tributos de empresas como Netflix, HBO, Disney. Isso pode encarecer as mensalidades.  

Com exclusividade, nós do Estado Notícia descobrimos que a parlamentar estava presente na Câmara no dia 9 de abri deste ano, durante a votação do projeto que recriou o DPVAT-Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres com o nome de Seguro Obrigatório para Proteção de Vítimas de Acidentes de Trânsito. Ela só não votou contra ou a favor do tema, ajudando em sua aprovação e prejudicando a população que terá que arcar com mais um imposto. Lembrando que ele tinha sido extinto em 2020, no governo Bolsonaro.  

Um dos interesses relevantes da direita brasileira é proteger a vida. Mas a deputada Lêda se ausentou da votação do um projeto que prevê o aumento das penas para furto, roubo, latrocínio. Ela também não esteve presente na votação pedido de urgência da proposta que estabelece novas punições contra invasores e ocupantes de propriedades rurais e urbanas, como MST (sem-terra) e do MTST (sem teto), mas pasmem caros leitores, ela estava presente na convenção bolsonarista de Valparaíso com risos e alegria na presença do senador bolsonarista que prometeu apoiar o candidato dela. 

Cristiano Henrique
Cristiano Henrique
Bonito,legal,inteligente e modesto.
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

Mais Populares

Comentários Recentes